20 de ago de 2009

O que eles pensam?

No capitalismo contemporâneo não há mais nada para ser escondido.
O cinismo é a ordem.
Explicitar o seu próprio poder é a forma de arrebatar os corações.

"Para que uma mensagem publicitária seja percebida, é preciso que o cérebro do telespectador esteja disponível. Nossas emissões têm a vocação de tornar o cérebro disponível: ou seja, divertindo-o, relaxando entre duas mensagens. O que vendemos à Coca-Cola é tempo de cérebro humano disponível."

Patrick Le Ray, presidente da TF1 (principal canal de TV francês) - Citado por Maurízio Lazzarto em Revoluções do Capitalismo.

Nenhum comentário: