29 de mai de 2007

Arte e resistência

No artigo Será que a arte resiste a alguma coisa?, publicado na Rizoma.net, Jacques Rancière parte de uma passagem de "O que é a filosofia?" de Deleuze e Guattari para pensar o que significa pesar a arte como resistência. O texto faz aproximações de Deleuze e Guattari com Kant e Hegel e deixa claro o que Rancière chama de um regime representativo das artes e um regime estético.
Rancière não nega a possibilidade de aproximação entre política e arte, entretanto afirma a necessidade de se manter uma tensão entre as duas coisas. Elas não podem se unir nem se auto-suprimirem. A união entre as duas coisas - a aí a crítica à Deleuze - se constitui em um duplo esvaecimento, da arte e da política

Nenhum comentário: