19 de abr de 2014

colóquio e manicure

Em Fortaleza,
Longas e intensas discussões sobre os limites da visão, sobre os modos como a centralidade do sujeito perceptivo é enganosa.
Saímos para almoçar e abordamos uma manicure na porta do salão para saber onde ficava o restaurante.
- Tá vendo aquela placa branca?
- Sim.
- Pronto. É lá. Olhando parece longe mas é perto!

A vida às vezes é bem simples.

Nenhum comentário: