13 de abr de 2014

O prédio da Oi

O cinismo e a dureza do estado, associados ao capital e à grande mídia, se expressam com agudeza nos ocorridos na desocupação feita pela PM do prédio da OI.
O argumento desses poderes é simples: são invasores, estão na ilegalidade.
Basta um rosto, uma palavra ou um carrinho de supermercado transportando restos de uma tentativa de casa para vermos que essa legalidade é o oposto da justiça.
O espaço era de extrema precariedade e mesmo assim foi ocupado por mais de 5 mil pessoas.
O destino da cidade não suporta o pobre que proibido de entrar pela porta, arromba a janela.
Não é por outro motivo que as vidraças da prefeitura são blindadas.

Nenhum comentário: