18 de jun de 2008

Crime e burrice

Uma coisa me impressiona muito nesses acontecimentos recentes que envolveram o exército na morte dos jovens da Providência.

A cada fato narrado na guerra de quadrilhas, entre Comando Vermelho e Terceiro Comando, há, por um lado, grandes somas e forte armamento envolvido nas operações e no tráfico.
Por outro há uma extrema incompetência e uma grande burrice.

Matar sem razão, esquartejar, assustar a comunidade, acumular inimigos, etc. Não entendo a lógica.
Será apenas um discurso da mídia?

Independente da violência, há uma incompetência na gestão. As máfias não precisam ser burras
Violência e falta de inteligência é o que não paramos de ver associado à história desse embate entre grupos. Entendo a violência, mas a burrice não.

- Você não é do meu morro então te mato! Essa lógica não faz sentido se se trata de um negócio e de um projeto de poder nos morros. Essa lógica apenas indica que não há projeto algum. Nem de poder, nem de negócio.

O estado não tem inimigo, apenas uns incompetentes, é isso?

ps.
Depois de colocar esse post no Blog leio (O Globo) que o traficante Rogério Rios Mosqueira estaria pagando 20 mil reais a cada pessoa da facção inimiga entregue a ele.

O Globo deveria fazer uma matéria sobre as planilhas de excel do tráfico. Quando há desmanche de boca não se apreendem computadores?

Como diz o Paulo César no ótimo livro do Julio Ludemir, "O Bandido da Chacrete", 'os bandidos acabam acreditando que eles são o que os jornais escrevem.

3 comentários:

paoleb disse...

O filho da Angela, faxineira da minha mãe há 20 anos, foi morto em uma situacão similar. Levado pela policia e entregue ao pessoal do movimento, por quem foi devidamente executado. Não saiu em jornal nenhum, e a familia nao tem a quem recorrer - o acordo entre policia e traficas nao deixa barato.
ontem revi cenas de cidade de deus por conta de uma discussao sobre uso de steadycam, e a gratuidade com que a violencia é praticada pelos personagens do filme me fez pensar que o que esta em jogo neste estado de coisas que o rj vive hj é um desprezo total pela vida, pelo outro, pela comunidade/sociedade, pela civilidade. é barbárie. se é produto da mídia, da burrice, da incompetência, do despreparo, da pobreza, da falta de educação, da corrupcão, da miséria, não sei. atos de crueldade não têm lógica.

Migliorin disse...

Eu acho que atos de crueldade tem lógica.

Migliorin disse...

Não se trata de culpados.
Não entendo como os mesmos caras que são vendidos como grandes traficantes e operadores de redes complexas de negócios são também sem medida na maneira de agir. Pra mim há uma lógica que eu desconheço.
Explicar pela "loucura" da crueldade não me convence.