15 de fev de 2010

Cinema Estação, é bom evitar

Dois finais de semana indo aos cinemas do Estação.
Saudades da época em que o Estação tinha interesse por cinema e respeitava o público.
Bastardos Inglórios no Barra Point e o som completamente rachado. Reclamei com o projecionista.
- Não há o que fazer, pode pegar o dinheiro de volta.
Mas o meu tempo, minha gasolina, meu desejo de cinema?
- Meu o que?

Bem,
esse final de semana foi o Fita Branca do Haneke.
Faltavam 2 minutos, eu estava na primeira fila, que fora ficar na reta do ar-condicionado tem uma boa visibilidade, quando o lanterninha abriu a porta de saída na minha frente.
Fora ter agido como montador - ó o desejo de cinema dele ai - avisando que o filme ia acabar. Jogou uma luz na minha frente.
Estragou o final do filme.
Que ódio!
Meu dinheiro de volta, Pedi. só consegui que o gerente me desse o direito de rever o filme.
Sorte que fui a pé, pelo menos a gasolina não vou gastar.

Um comentário:

juliano disse...

É mesmo uma pena.
Essa entrada-montadora se tornou regra geral, faz muito tempo que não vou ao cinema e isso não acontece.
Ervas Daninhas na sala 2 do Espaço de Cinema estava com o som péssimo e a projeção em scope fora de foco, embassada.