27 de fev de 2010

Uribe e o estado de direito

A suprema corte colombiana votou ontem o pedido de Uribe pelo direito a uma nova reeleição, seria seu terceiro mandato.
Uribe perdeu, 7X2.

É interessante ver presidentes como Uribe ou FHC que apesar de terem sido eleitos legitimamente, dentro das regras do jogo democrático, na hora de deixar o governo se prestam a esse papelão. Chavez nem se fala.
Bom ver na Colômbia os poderes funcionando de forma independente.

A fragilidade democrática, a mesma que faz com que Uribe demande uma nova reeleição, é expressa, por exemplo,  em uma carta aberta do ex-presidente César Gavíria em que parabeniza Uribe por acatar a decisão. Era imaginável então que ele pudesse não acatar?

 vídeo de Uribe - em que ele assume o papel de professor sobre o estado de direito para assumir a derrota.

Nenhum comentário: