27 de fev de 2010

Documentário e Fra-Angélico

Estou cá a pensar a questão do encontro no cinema documentário quando cruzo com o Bergala:

"Na nossa cultura cristã, todo encontro entre duas figuras pode, em certas condições e sob certas circunstâncias, vir a ser uma Anunciação, um eco distante dessa figura fundadora da Anunciação." (Nul mieux que Godard)

Ora, o encontro só interessa como acontecimento. O que pode Maria?

Nenhum comentário: