15 de fev de 2010

Infantilizar não é tratar o espectador como imbecil

Eduardo Escorel escreve na Folha (domingo 14.02) e diz que Globo Reporter infatiliza o público.
Escorel faz um bom diagnóstico do programa, chama atenção para a prática de transformar tudo em jogo e interacão voyeur, entretanto, tratar o espectador como imbecil é completamente diferente de infantilização.
As crianças são bem mais inteligentes e capazes do que o Globo Reporter, isso é certo.

Nenhum comentário: