27 de jun de 2013

A falsa dicotomia das manifestações

Essas são as dicas do capitão da PM de Minas antes do jogo do Brasil. http://www.youtube.com/watch?v=rSdzyhcb-I4&feature=youtu.be

Diante dessa fala o Diego Migliorin foi preciso: “ele quer que os manifestantes sejam tão turistas quantos os estrangeiros que vem para a Copa”.

Essa percepção reforça a narrativa “pessoas de bem X vândalos”, como se houvesse duas manifestações. Não há. Não há de uma lado os que tem demandas específicas e são a favor da Copa e de outro os loucos irresponsáveis. Nas imagens de BH, um grupo de umas duzentas pessoas enfrentava a polícia e atrás deles milhares de outras as protegiam, por exemplo.
http://www.youtube.com/watch?v=_p3DvkDsicM

A tentativa de organizar esteticamente as manifestações em dois lados apenas reforça a necessidade daqueles que não desejam o embate por princípio se juntarem aos que forçam passagem pela polícia, nem que seja para se diferenciarem da “alegria das ruas” e da “festa da democracia”.

Nenhum comentário: