10 de nov de 2007

O documentário no mundo

O documentário tem três momentos necessáriamente intrincados.

1 Estar sob o risco do real. Porque o mundo pode aparecer nesses sons e nessas imagens.

2 Se deixar afetar pelo real e fazer o que surge ressoar. É a democracia que obriga a pensar. O deslocamentos que o real impõe à realidade conhecida e que demandam o pensamento.

3 Se o pensamento é convocado, deslocando o conhecido...a inteligência é bem-vinda.


Estes três momentos tem uma dimensão necessariamente política uma vez que implicam uma resistência contra as forças que em nós e nos outros tendem para a repetição do mesmo, do não deslocamento dos lugares de fala. É político a possibilidade da irrupção de novos atores no que é dado a sentir e dizer.

Nenhum comentário: