26 de jun de 2007

Documenta 12 / Nedko Solakov


Um dos trabalhos antigos que a Documenta apresenta é o trabalho do búlgaro Nedko Solakov.
O artista teve uma rápida passagem pelo serviço secreto búlgaro como um informante voluntário antes do final do comunismo no país e alguns meses depois do colapso do comunismo búlgaro, em 89, ele produz um arquivo ficcional do serviço secreto. Ao mesmo tempo em que o trabalho aponta para um futuro diferente do país ele é impregnado de um conteúdo fortemente autobiográfico e desestabilizador. Top secret consegue engajar a macro e a micro política em conectar a história e o futuro do país aos indivíduos ordinários.

Nenhum comentário: