3 de jan de 2010

Controlar a linguagem

Controlar a linguagem é a ação mais eficaz para que se diga o que o contexto permite e não o que queremos ou precisamos dizer.

No Globo, ainda sobre Angra e os deslizamentos:
"Prefeitura faz apelo à Eletronuclear após surgir fenda na rodovia. Estatal diz que decisão é da Defesa Civil e não vê necessidade de desligar agora. Angra 1 e Angra 2 só podem funcionar se plano de emergência puder ser acionado."

Em nenhum momento, se a empresa fosse privada, no lugar de Estatal estaria "privada" ou qualquer palavra que caracteriza-se o pertencimento da empresa ao setor.

Nenhum comentário: