13 de jan de 2010

PNDH3 - Mudar é ir contra a democracia

O que o governo precisa deixar claro é que o PNDH3 não está em debate. O debate já foi feito. Ele foi apenas apresentado à sociedade para ser encaminhado ao congresso e às instâncias que podem efetivá-lo, ai sim se inicia um novo debate.

Ter 80% de aprovação da população faz com que Lula se torne vacilante, não quer fazer nada que possa suscitar críticas.
Na verdade, o risco é que o governo pare de pensar e continue apenas gerindo as obras.
O Caso do PNDH explicita isso. Lula não tem o direito de mudá-lo. Trata-se de uma produção social e coletiva legitima. Lula deve dar OK para o processo e não discutir o Programa. No momento que diz isso fica isso sai, assume o Programa como se fosse feito pelo governo dele, e não é. Trata-se de um processo independente do estado, apoiado por ele.
O governo se mete em uma fria se resolve entrar na discussão que a mídia quer, ponto por ponto.

O PNDH indica caminhos. Foi feito pela sociedade civil. No momento que for para o congresso a igreja, os militares etc, têm todo o direito de espernear, mas o governo aceitar as críticas agora é absurdo. Mudar o PNDH agora é negar o processo democrático que o gerou.

Nenhum comentário: