24 de jun de 2015

Grécia - futuro privatizado

A atual situação da Grécia é parte de um aprofundamento radical da privatização generalizada que destrói as bases da democracia na Europa.
Desde os anos 80, cada vez mais aspectos básicos da vida passam para o interesse privado.
Transporte, comunicação, água, educação, espaços públicos, etc.
O privado aqui não é um sujeito ou outro tocando seu negócio, mas grandes corporações que dominam ruas inteiras, bairros e serviços básicos.
Com a força do sistema financeiro mundial, que age endividando cidadãos e países, a privatização ganha novos contornos.
Na Inglaterra, um universitário termina sua seus estudos devendo 27 mil libras. Ele deve conseguir pagar, mas com austeridade e comprometendo suas escolhas profissionais. É difícil pensar em liberdade profissional com esse peso.
Na Grécia, o mesmo sistema de endividamento avisa que as eleições no país e o novo governo não tem autonomia nenhuma e que eles devem fazer o que o partido que perdeu as eleições estava fazendo.
A cartada final da privatização e das grandes corporações está dada.
O futuro foi privatizado, seja você um estudante de 18 anos ou um país.
As mais importantes disputas hoje na Europa passam pelo movimento dos estudantes contra o endividamento para pagar os estudos e pelo futuro da Grécia.
Mais que casos isolados, trata-se da possibilidade do futuro ser pensável e sonhável.


15.02.15

Nenhum comentário: