24 de jun de 2015

HSBC corrupção

O jornalista Fernando Rodrigues vai fazendo um péssimo trabalho com a lista do HSBC.
Na divulgação das "celebridades" que tem conta no banco suíço, trata a todos da mesma forma, divulga os nomes sem ouvir as partes, não encontra uma causa na divulgação e pior, dessa vez fez o constrangedor papel de associar o nome de atores e produtores à financiamentos públicos, insinuando desvio de verba pública.
No meio da matéria ele diz " Mas não é possível nem correto fazer uma conexão entre o dinheiro captado e os recursos que eventualmente circularam nas contas bancárias na Suíça." Para depois fazer exatamente isso.
Trabalhar com listas como esta do HSBC é muito difícil, não basta apenas colocar os nomes na roda, sem investigação e sem a tentativa de seguir um objetivo jornalístico.
A forma da divulgação apenas dispersa a atenção. Os empresários da mídia e os empreiteiros agradecem.


22.3.15

Constrangedor o trabalho dos jornalistas do Globo sobre o caso HSBC.
Eles estão cobrando declarações de imposto de renda das pessoas que estão na lista e, apesar de algumas pessoas mostrarem a declaração e provarem a legalidade das contas, seus nomes estão sendo citados nas matérias.
Colocam no mesmo saco políticos de primeiro escalão e políticos irrelevantes.
Fazem novas matérias sem acompanhar o desdobramento do que aconteceu com as listas previamente divulgadas.
O trabalho que fazem dispensa o jornalismo. A forma como as listas estão sendo divulgadas carecem de investigação e não é pautada pelo interesse público.
Em casos como estes, o jornalismo é absolutamente necessário, sobretudo quando muitas pessoas do governo e da política estão envolvidas, mas para fazer o que eles estão fazendo, bastava vazar a lista inteira, com os 8000 mil nomes.


25.3.15 

Nenhum comentário: